quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Tsunami

quando tudo
estava pesado demais
e a voz dentro
insistia em gritar
ela segurava
o grito

em seu silêncio
desabafava com os pés
criando tsunamis

em poças d’água


Um comentário:

  1. Lindo Mariana! Não existe silêncio para um coração que quer falar!

    ResponderExcluir